Twitter & Google – Search What

30 09 2009

Já muito se falou e publicou acerca das diferenças e acessos a cada uma das redes e sites disponíveis, neste post vou-me debruçar mais especificamente nas capacidades do search de cada um dos sites Google e Twitter.

Inevitavelmente e na actualidade o Google, é sem dúvida o motor de pesquisa mais utilizado em todos o mundo, a sua quota de mercado poderá andar em torno de qualquer coisa como 80% das pesquisas mundiais (segundo a Market Share).

Mas na realidade o que o Google nos permite e na actualidade é uma indexação absolutamente fantástica e espantosa das, páginas, sites, blogs, sendo que a ordem dos mesmos é disponibilizada segundo um algoritmo complicado, que de acordo com a relevância, acessos, construção dos sites, etc., coloca determinado site ou página, numa posição mais elevada quando se efectua a pesquisa natural no Google.

A questão é, e no momento imediato, na actualidade, o que anda a ser dito, comentado sobre determinada marca, assunto, tema. Aí o Twitter consegue ganhar e ser uma das plataformas mais utilizadas e versáteis.

Vou dar como exemplo a integração bem-feita que foi efectuada pelo Jornal Público ou o Jornal I, na cobertura das eleições legislativas no passado fim-de-semana, ou nas recentes declarações do PR Cavaco Silva. Os leitores, twitter’s, seguidores eram convidados a inserir um comentário via Twitter, com a seguinte hashtag (#e09), este comentário efectuado contendo esse código remetia para um post que estava relacionado com as eleições legislativas 2009. Basta ir ao motor de pesquisa do Twitter, e colocar #e09 e ver a quantidade de posts que foram efectuados durante a noite eleitoral, pelas minhas contas qualquer coisa como 1200.

Os jornais, incorporam nas suas páginas, aplicações que possuem capacidade de ir ler esses posts ao Twitter, o chamado Live Blogging (ex: CoveritLive). E aqui temos o exemplo da incorporação de uma plataforma como o twitter, no jornalismo feito hoje em dia.

Poder-se iam dar inúmeros exemplos, utilização de twitter em conferências, seminários, divulgação de produtos, marcas, …

A história e sucesso de utilização destas novas plataformas de Social Media, ficou provada com o acidente de aviação no Rio Hudson, a primeira imagem, notícia foi publicada via Twitter, e culminou na criação de uma página de Facebook, do famoso capitão que decidiu aterrar o avião no rio (Cpt C.B Sully Sullenberger), com 600.000 Fãs. Verifiquem a cronologia dos acontecimentos, e vemos que só muito posteriormente a mesma foi divulgada e apresentada nos meios tradicionais de comunicação.

Não afirmo com este post que o twitter irá substituir um motor de pesquisa como o Google, mas que há que reflectir no futuro como os resultados poderão ser integrados e mais relevantes para o utilizador, a começar por este artigo onde utilizei simultaneamente o Google e Twitter.

Links úteis:

Twitter: We Can Do What Google Can’t

Google, we have a problem

Google’s First Real Threat? Twitter

5 Media/Communication Channels Twitter Has Impacted

Collection Plane Crash into Hudson River NYC

Bookmark and Share

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: