ESOMAR – Online Research 2010 – 2nd Day

19 10 2010

Apresentação feita pelo facebook, onde mostra as metodologias que estão a desenvolver com a Nielsen, no seu recente produto BrandLift, lançado no início do ano no UK. A Nielsen está a desenvolver uma aliança estratégica com o facebook, com questionários colocados on-line, podem avaliar produtos, imagens, creative testing. O facebook é uma plataforma ideal de serem colocados estudos, sondagens, questionários. O elevado uso da plataforma, nº de horas que os utilizadores passam na mesma (ver vídeo mais abaixo com alguns números), permite essa interacção, e os utilizadores estão aptos a responder e colaborar com a mesma. Foi mostrada uma coorelação (94%) entre estudos facebook e tradicionais. A grande questão da sala é a constatação de que o Facebook está agora (a sério) no negócio do Research. Estaremos na frente de uma nova empresa de research, ou uma forte parceria com a Nielsen e aproveitamento da plataforma.

A tentativa de criar comunidades por parte das empresas de forma a não tornar o research uma disciplina mais bem aceite pelos consumidores. Na apresentação da Toluna, uma empresa de Research online, eles vão um pouco mais longe na abordagem e colocam-se como uma plataforma de interacção entre os membros, a Social Media permite isso, interacção/interligação entre os membros, e entre estes e as marcas. As plataformas de Social Media são os locais ideais para ser feito, no momento em que os consumidores estão dispostos a interagir com as marcas e com os outros.

Na parte final da manhã, as apresentações centraram-se na personalização que as marcas estão a fazer, com comunidades, plataformas, devidamente focalizadas no produto, mas com o intuito de efectuar pesquisa. Junta-se um Research estruturado com questionários, inquéritos a um Research baseado em Netnography (Spontaneous feed-back, interpretação de comentários, de posts). A Co-Creation é uma possibilidade, envolver as pessoas, as comunidades com as marcas. Esse será o desafio, conseguir dentro das plataformas de contacto com o consumidor, efectuar a pesquisa, o Research. O envio de questionários para resposta, o contacto através de telefone (CATI – Computer Assisted Telephone Interview), ou outras metodologias mais tradicionais, estão a perder interesse, especialmente nas faixas etárias mais jovens, que comunicam e interagem de formas diferentes com a web.

Alguns exemplos apresentados, a Starbucks com o MyStarbuckidea, mas também o BabyCentre.

Numa apresentação final, foi sentenciada a morte de painéis (CSI:Berlin – The Strange case of the death of panels) – Quem serão os culpados? Terá sido suicídio (eles próprios sentenciaram a sua morte? excesso de painéis? má qualidade? recrutamento ineficiente?), outro suspeito será a má construção dos questionários dentro dos painéis (os links enviados que são clicados e que afinal não nos qualificam para responder ao questionário; a forma como são colocadas as questões com pouca interacção e criatividade,  questionários longos). Outro suspeito o sistema de recompensa (as recompensas levam a fraudes, fazemo-nos passar por determinado perfil para receber a recompensa) o suspeito final e mais credível o facto de não se ter conseguido adaptar e o recrutamento e contacto continuar a ser feito de forma tradicional (e-mail). A utilização do e-mail decresce especialmente nas camadas mais jovens. Mas existe futuro para painéis, desde que evoluam para sistemas semelhantes aos apresentados anteriormente, ou se adaptem ás novas formas de comunicação, olhem para o respondente e não para aquilo que querem (painéis) questionar, comunicar com eles como eles (respondentes) desejam e não como o fazem (painéis).

Na parte da tarde as apresentações centraram-se no mobile, com a crescente utilização e massificação do telemóvel, especialmente de smartphones, fará sentido encontrar e contactar o consumidor através de mobile. Em alguns países nomeadamente Indía, África do Sul, a penetração do mobile é alta, não se prevendo acesso á internet através de PC mas sim através do mobile, os problemas físicos de instalação de fibra, cabos, levam estes países a utilizarem tecnologia via mobile ou wireless.

Research pode ser conduzido pelo telemóvel e inquéritos podem ser lançados, como é o caso da Opismart, ou da Vision Critical

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: