E se os partidos Políticos se comportassem como Marcas

8 03 2010

Deve ser frustrante para quem se encontra á frente dos partidos políticos, perceber que de ano para ano, perdem apoiantes, simpatizantes, militantes, e outros ….antes.

Num artigo recente que li no jornal i, onde se falava no afastamento ideológico das pessoas quer da vida política e suas ideias, quer da religião, mostrava o grande fosso que existe entre aquilo que é proposto (partidos, ideologias, religiões, …) e aquilo que as pessoas verdadeiramente querem.

Comecemos pelo seguinte, como é possível haver tantos partidos políticos (nada mais nada menos que 16 nas eleições legislativas de 2009), num rectângulo tão pequeno como Portugal, e mesmo assim parecem não chegar, a adesão maciça á abstenção, 40,3%, o valor mais elevado nestas eleições na última década (1991 – 32,2%; 1995 – 33,7%; 1999 – 38,9%; 2002 – 38,5%; 2005 – 35,7%; 2009 – 40,3%), dados provenientes da CNE (Comissão Nacional de Eleições).

Leia o resto deste artigo »

Anúncios